Partes do meu mundo

Encontrar em Horas Mágicas

sábado, 1 de janeiro de 2011

Celeiros


Esse post é para minhas amigas apaixonadas pelo country.

Devemos muito à decoração country, sabia? Pois foi com singelos celeiros, patinhos e gansos selvagens, típicos desse estilo, que o ponto cruz se introduziu no Brasil, depois de fazer sucesso na Europa e nos Estados Unidos, e nos conquistou inteiramente.
Mas aqui não temos celeiros...pensando nisso resolvi fala um pouquinho deles, que, junto com o costume de fazer cruzinhas em tecido, nos conquistou pra sempre!!

Por que os celeiros são geralmente pintados de vermelho?





Foto cedida pelo National Parks Service
Celeiros vermelhos são comuns nas áreas rurais dos Estados Unidos
Se você já dirigiu em uma área rural dos Estados Unidos, é provável que tenha visto os celeiros vermelhos espalhados pela paisagem agrícola. Há várias teorias para explicar por que eles são pintados de vermelho.
Há séculos atrás, os fazendeiros europeus geralmente impermeabilizavam a madeira em seus celeiros com óleo de linhaça - um óleo marrom-amarelado derivado da semente do linho. Eles pintavam seus celeiros com uma mistura de óleo de linhaça, geralmente composta de adições como leite e cal. A combinação produzia uma pintura durável que secava e endurecia rapidamente. Hoje, o óleo de linhaça é vendido na maioria das lojas de produtos para manutenção doméstica como selante de madeira. Mas de onde vem o vermelho?
Em termos historicamente precisos , "barn red" (vermelho celeiro) não é o vermelho vivo que nós vemos hoje, mas um vermelho tipo laranja-queimado. Para explicar como a mistura do óleo tornou-se tradicionalmente vermelha, há duas teorias predominantes:
  • fazendeiros ricos adicionavam sangue de um abate recente à mistura do óleo. Quando a pintura secava, de brilhante ela passava para um vermelho mais escuro, vermelho queimado;
  • os fazendeiros adicionavam óxido ferroso, ou seja, ferrugem, à mistura do óleo. A ferrugem é abundante em fazendas e é um veneno para muitos fungos, incluindo mofo e musgo, que aparecem em celeiros. Estes fungos fixariam a umidade na madeira, aumentando a deterioração.
Independente de como o fazendeiro preparava sua tinta, ter um celeiro vermelho tornou-se moda. Eles dão um bom contraste à tradicional paisagem monotônica do campo.
À medida que os povos europeus migraram para a América, trouxeram com eles a tradição dos celeiros vermelhos. Da metade para o fim do século XIX, como as tintas começaram a ser produzidas com pigmentos químicos, a tinta vermelha era a mais barata para se comprar. O vermelho era a cor preferida até que o cal tornou-se mais barato, ao ponto dos celeiros brancos começarem a se espalhar.
Hoje, a cor dos celeiros pode variar, geralmente dependendo de seu uso.
Eis alguns links interessantes:
  Pesquisei na internet não achei um celeiro em ponto cruz, então lá vão meus gráficos, de revistas muito antigas, que eu acho um charme: 
obs.: peço mil desculpas pela qualidade da imagem...estou sem scanner então improvisei tirando foto...hihi Portanto, se alguem tiver problemas em visualizar o gráfico, me avise que tentaremos novamente, ok!
Celeiro
Galinho em patchwork
Galinha (fica linda em panos de prato)
Colheitadeira em ponto cruz
Espantalho em ponto cruz
Feno
Grãos e um simpático ratinho


Bom, até a próxima!!!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Recent Visitors